Egoísmo


O ser humano possui a grande mania de se esconder por detrás de vestes que não lhe pertencem, e teimam em convencer o universo - e a si mesmos - de que todo o espetáculo que representam não passa da mais pura, brilhante e sincera verdade.

Bom, tal teatro, em alguns casos, é justificado pela mais esfarrapada desculpa de "só desejo a felicidade, nada mais". A felicidade, então, só é possível quando acompanhada do péssimo hábito de se tornar egoísta, limitando o mundo de enxergar a realidade à qual cada um pertence?

Na verdade, todos temos um desejo insaciável de fazermos justiça, custe o que custar e, além disso, ainda há a vontade incontrolável de mostrar a cada um que tal desejo é o mais correto, e o único que deve ser seguido. Entretanto, quando realmente nos diz respeito demonstrar justiça e semeá-la mundo afora, surge a falha humana, a covardia e o medo. E, mais uma vez, o egoísmo.

Pensar, somente, em ser melhor, em fazer o melhor, infelizmente, não é suficiente. Às vezes, levantamos com uma vontade de mudar o mundo e, nos assustamos tanto com a idéia, que a afogamos em meio ao turbilhão de emoções vividas a cada dia. E, mais uma vez, continuamos na mesmice do dia-a-dia, somente com o pensamento de mudança, sem nada em prática, por medo do novo, dos pensamentos que surgirão a respeito da sua mudança e, novamente, pelo egoísmo.

 
A juventude acaba quando termina o egoísmo, a velhice começa com a vida para os outros." (H.H.) Ainda não sou uma idosa, nem passei por tantas experiências assim para impor uma regra de como não ser egoísta, nem do que fazer para que tal sentimento seja extinto da vivência humana. Mas, nos meus míseros, mas bem vividos, 19 anos, acredito que cada ser humano deve se preocupar, sim, em ser feliz. Fazer o que achar correto, sem temer estereótipos, quiçá argumentos alheios. Entretanto, o "ser feliz" não pode ser afastado do "fazer o outro feliz". É conseqüência! Vivemos em sociedade, não há como agir de maneira a não atingir o outro. Que tal atingí-lo com felicidade? Que tal atingí-lo com amor, carinho, atenção?

Texto escrito por Lud

2 comentários:

Caixa disse...

Bem escrito o texto.Além de estar muito certa a mensagem.
Gostei.

Luis Nantes® disse...

Belo texto menina... Muito bem colocadas as suas palavras, viu? beijos

Postar um comentário

 
© Template Scrap Suave|desenho Templates e Acessórios| papeis Bel Vidotti