Pesquisar este blog

Carregando...

Traição feminina



O assunto que escrevo hoje é algo que me intriga desde as minhas primeiras relações. A traição feminina, no início quando comecei a conhecer as mulheres tinha uma opinião formada a respeito da traição, "quando realmente um cara sabe mexer com as emoções de uma mulher ela se mantém fiel. Se tomou galho, foi porque falhou em algo". Confesso que hoje já não tenho tanta certeza sobre  isso. Afinal existe uma emoção que dificilmente um relacionamento longo consegue manter: a "sensação do novo e diferente". Isto faz parte do ser humano. Não tem jeito, pra comer muita mulher comprometida, tem de saber lidar com isso. Às vezes o namoro anda muito bem. De repente aparece uma pessoa diferente, atraente que faz a garota se divertir. Aparecem coisas em comum. Mesmo que o namoro esteja nas nuvens, não tem como tirar as sensações maravilhosas que existem ao conhecer uma pessoa nova. Não tem. E aí entra um mecanismo psicológico: a racionalização. Para se manter congruente com os sentimentos novos existentes, a garota passa a focar nos defeitos do namorado. Todo mundo tem defeitos, o novo cara tem defeitos, ela tem defeitos, todo mundo. Todo mundo tem qualidades, o novo cara tem tantas qualidades quanto o namorado. Porém ela passa a focar somente os defeitos do namorado. Isso a mantém não se sentindo culpada pela paixão que está acontecendo dentro dela. Nesse caso a culpa é do namorado? Ele é cheio de defeitos? Ou a culpa é da natureza humana?Ainda padeço com tal dúvida. Existem dois tipos de mulheres que traem: as traidoras habituais e as ocasionais. As traidoras habituais são mais ou menos 10% das traidoras. Gostam de dar para vários caras. Precisam ficar com muitos, faz parte da personalidade delas. Mantém um namorado, transam com vários e ainda tem certeza da impunidade. E na maioria das vezes não sentem remorso nenhum. Algumas até acham bom trair, dizem que faz bem para o relacionamento, não caí na mesmice (juro que já ouvi isso). É muito azar cair nas mãos de uma mulher dessas, especialmente pelo risco de DST. A traição é pura e simplesmente pelo sexo. Já as traidoras ocasionais: essas não planejam trair, nem gostam disso. É daquele tipo de traição que “simplesmente aconteceu”. A atração aparece, os sentimentos ficam intensos e apesar do racional dizer: pare! As coisas acabam acontecendo num momento propício (por isso o isolamento é tão importante na sedução). A consciência pesa, mas não consegue segurar o que sente. Uma hora a ficha caí: ou ela pára com a traição e tudo volta ao normal ( o namorado não saberá de nada), ou ela troca de namorado, ou melhor cria um triangulo amoroso, onde ela tem sentimento pelos dois e prefere continuar assim até ser descoberta pelo titular. Alguns triângulos amorosos duram meses e até anos. Um dado importante que pesquisei em algum livro é que o processo de atração libera várias substâncias na corrente sanguínea e nas sinapses cerebrais. Como  a adrenalina, serotonina e endorfinas. Estas substâncias causam sensações de euforia, bem-estar, relaxamento, excitação e etc. Ou seja, ótimas sensações. Por isso que quando nos apaixonamos queremos estar a todo custo com a pessoa. Ela nos faz bem, ou melhor, as substâncias do nosso cérebro que aparecem quando estamos com a pessoa ou pensamos nela nos faz bem. Li estudos que demonstraram que quando está rolando está química toda, diminui o fluxo sanguíneo no córtex frontal e pré-frontal, ou seja, a parte racional do cérebro é meio que “desligada”. Aí fica tudo bem claro: você junta boas sensações com a parte racional do cérebro em “off” e a traição ocorre. Isso explica o porquê do ser humano fazer tantas bobagens na área sexual e sentimental. Mas tudo ocorre por uma boa causa: reproduzir a espécie e manter uma boa variação de mistura genética. A natureza programou isso. Baseado em tudo que citei agora penso na opinião que tinha há alguns anos atrás, a de que o homem só leva chifre se falhar. E concluo que todos os homens querem acreditar nisso e não estamos errados em pensar assim apesar de muito provavelmente estarmos errados é uma boa justificativa, se não pensarmos assim nunca entraríamos em relacionamentos por medo de ser chifrados. É como a morte, não dá para deixar de viver só pelo medo dela acontecer.

Por Cafajeste Sedentário

6 comentários:

Luis Nantes® disse...

Humm!! Se você pode complicar, né? Prá que facilitar, certo? Mas, Adorei seu texto e realmente é mais ou menos como funciona, viu? Só discordo com os dois tipos de "dar"... Se abrem as "pernas" mais vezes para pessoas diferentes é por serem insaciáveis mesmo ou caçadoras, cada "trepada" um troféu e sobre a DST, só acontece com os outros mesmo, né? É assim que pensam e agem... Na minha modesta opinião digo: "Quantidade é desproporcional a qualidade, tá?"
Boas festas e se cuida...
Beijos minha fada

Rafael Gois disse...

O texto acima escrito por "cafajeste romântico" e não pela fadinha e criadora do blog (leiam a postagem por completo por favor!) trata de um assunto delicado de se lidar por que as pessoas ainda tendem a esconder, retrair um sentimento ou uma vontade por achar que essa sensação não se enquadra no mundo que ela mesma faz parte. Isso faz com que algumas mulheres e homens tmbm sejam redundantes em suas opiniões sobre o assunto. Mas o comentário é meu e o que importa é o que eu acho, rs!! Realmente para ambas as partes não existe mais "ah,se vc não fizer el(a) vai achar quem faça!! Não é mais assim, se vc fizer ele(a) vai procurar quem faça 2 vezes!! Deixou de ser uma questão de "falta algo para apimentar", ou "caímos na rotina"!! Vc pode ser uma "Dama na Mesa e uma Puta na cama", ou vc pode ser um cara bom de preliminares que a faz gozar em um estalar de dedo! Se ele(a) tiver vontade de fazer eles vão fazer. O que ainda impõe limite nisso (ainda), é a sensação de culpa ou aquele sentimento de ingratidão para com o parceiro, tipo "ah ele não merece" ou "não faça com os outros o que vc não gostaria que fizessem com vc"! Mas isso tambem está se perdendo !! Perdendo para a certeza da impunidade pelo ato, perdendo para o prazer do proibido, perdendo para a promiscuidade, perdendo para um mundo onde homens se sentem poderosos de alguma forma tendo várias parceiras e mulheres que buscam no sexo proibido a resposta para seus conflitos sentimentais!Homens mentem mais, mas mulheres mentem melhor... Quando elas descobrem o grau do seu talento para mentir é onde elas passam a usar isso como arma ou como satisfação. Só que cuidado!! Pode acontecer com vcs garotas como aconteceu com Emma no clássico "Madame Bovary" de Gustave Flaubert (um polêmico escritor Frances), que trocou o marido pelo amante e acabou se decepcionando com o amante e fica sozinha, o que é muito comum na realidade segundo uma pesquisa feita pela Revista ProSex, que apenas 2% de mulheres que trocaram seus parceiros pelos amantes ainda estão juntos!! Isso só enfatiza a opinião de que o proibido ainda é mais gostoso.

Mih_ disse...

Boa noite!

Já é quase Natal...
Com o espírito mágico que esta data nos presenteia,
resolvi escrever uma mensagem
especial para os que seguem meu blog...

Visita lá, a mensagem é um presente a você...

http://trevisanimichelle.blogspot.com/


♥´¯`*•.¸¸♥ Grande bjo,
Ótimas festas e que Deus abençoe
abundantemente você e sua família...


♥_________Mih_ ઇઉ

http://trevisanimichelle.blogspot.com/

Lucas disse...

A traição é um comportamento comum entre homens e mulheres desde o inicio dos tempos, o grande ponto em questão é que anteriormente do lado feminino acontecia de uma maneira mais secreta enquanto a masculina sempre foi escancarada. As mulheres quando querem são as mais traiçoeiras que podem existir, mentem tão bem que dificilmente são desmascaradas, ficam com vários aos mesmo tempo e nos fazem acreditar que somos os únicos, se questioná-la e bem provável fazer um showzinho para que se sinta culpado pela desconfiança e peça desculpas. Aprendi que quanto mais nos achamos espertos em relação a elas mais somos feitos de idiotas. Um excelente texto!

Anônimo disse...

as mulheres sao todas traidoras e uma questao de
opurtunidade umas mais que outras mas e assim

Anônimo disse...

Todas sao iguais

Postar um comentário

 
© Template Scrap Suave|desenho Templates e Acessórios| papeis Bel Vidotti