Pesquisar este blog

Carregando...

Ser invisível



Pára tudo!!! Gente tenho uma grande novidade para contar, essa realmente deve ser uma declaração bombástica, preciso confessar a todos que nos últimos tempos adquiri um desses super-poderes dos heróis dos filmes e quadrinhos: a invisibilidade. Quero comentar que não aconteceu através de um desses acidentes científicos ou ganhei uma dessas capas mágicas iguaiszinhas a dos mágicos. Simplesmente um dia acordei e comecei a notar que ninguém me via...

Os sintomas do estranho fenômeno primeiramente têm inicio na sua própria família, ninguém te ouve, ninguém se interessa em saber o que anda fazendo ou deixou de fazer. No trabalho pode faltar durante uma semana que quando voltar nem vão perguntar o que aconteceu porque nem perceberam que não esteve por lá todos esses dias. Era assim: eu poderia estar triste, cansada, até mesmo doente, poderia estar irradiando felicidade, conversando com samambaias ou até vestida de Teletubbies que ninguém notava. As únicas ligações ou mensagens que recebi em meu celular foram da operadora oferecendo promoções ou pacotes de serviços. Tudo foi acontecendo aos poucos...

Percebi também em outras situações mais indícios, uma vez na balada há algum tempo atrás passei uma noite inteira na pista de dança sem nem uma viva alma se aproximar de mim para me paquerar!!! Saindo de um barzinho com um amigo, enquanto ia caminhando a frente aproximou-se um conhecido dele que passou uns intermináveis 20 minutos relembrando os tempos de infância sem nem sequer virar as costas. Foi então que percebi, ele não consegue me ver! Eu sou invisível!!!

Tenho certeza que não possuo a exclusividade por esse feito, talvez a única a admitir publicamente esse tipo de sentimento, só que cada vez mais tenho me sentindo assim... Qual é a solução para isso???

Curiosidades sexuais

40% das pessoas já quebraram algum objeto fazendo sexo em casa;
30% das pessoas já se machucaram fazendo sexo;
10% das pessoas já caíram da cama fazendo sexo;
 
Itens mais quebrados
1. Estrado da cama
2. Copos
3. Porta-retratos
4. Cadeiras
5. Xícaras
6. Paredes (uou!)
7. Gaveteiro
8. Portas
9. Janelas
10. Vasos
Contusões que mais acontecem
1. Distensão muscular
2. Dores na coluna
3. Atrito com o carpete
4. Torcicolo
5. Bater cotovelos ou joelhos
6. Hematoma nos ombros
7. Joelho torcido
8. Pulso aberto ou torcido
9. Tornozelo torcido
10. Dedos destroncados

Lugares mais perigosos 
1. Sofá
2. Escadas
3. Carro
4. Chuveiro
5. Cama
6. Cadeira
7. Mesa da cozinha
8. Jardim
9. Privada
10. Mesa de trabalho


Fonte:Super Interessante

O segredo dos relacionamentos

Homens também fingem!!!


Acabou a exclusividade! Encenar orgasmos não é prerrogativa feminina. Alguns homens também simulam o que não sentem, por motivos idênticos aos das mulheres. No meio de tantos gritos e sussurros, eles e elas concordam num ponto: ter ou não ter orgasmo não é a questão.

Segundo a Revista Galileu não  é nenhuma novidade que algumas (ou muitas) mulheres fingem ter orgasmo na hora da relação sexual. Mas uma pesquisa realizada pelo Departamento de Psicologia da Universidade do Kansas, nos Estados Unidos, mostrou que os homens também fazem uma encenação na hora do clímax.

Na pesquisa, que envolveu 180 homens e 101 mulheres em idade universitária que respondessem perguntas sobre sua vida sexual, 25% dos homens e 50% das mulheres afirmaram já terem fingido um orgasmo durante uma relação sexual. O estudo foi publicado na edição de novembro do ano passado pela revista científica Journal of Sex Research.
Segundo os pesquisadores, o motivo mais comum para o fingimento entre os homens era a consciência de que o orgasmo seria improvável ou demoraria muito para acontecer. Entre as mulheres, os pesquisadores dizem que a maioria disse fingir quando queriam acabar logo com a relação sexual sem causar constrangimentos ou machucar os sentimentos do parceiro.
De acordo com a pesquisa, os participantes que admitiram fingir orgasmos compartilham um “script sexual” comum, em que ambos os sexos sentem a pressão para ter o orgasmo durante a relação, com a mulher chegando ao ápice primeiro. Em alguns casos, diz o estudo, as pessoas estão tão apegadas a esse roteiro que deixam passar a oportunidade de um orgasmo de verdade, a fim de fingir no “momento certo”. Os pesquisadores explicam que 20% das mulheres admitiram fingir orgasmo quando percebiam que seus parceiros estavam prestes a ejacular.

Nos depoimentos, homens e mulheres dizem, quando e por que forjam orgasmos. A justificativa de quem assume a farsa giram em torno das mesmas razões. Algumas mulheres acham que é assim que tem que ser; alguns homens não querem magoar a parceira; existem aquelas com medo de perder o companheiro e as que não querem perder pontos para possíveis rivais, assim como homens que esperam não deixar dúvidas sobre sua virilidade. E ainda há homens e mulheres que frustram suas expectativas e querem acabar logo com aquilo.

Há quem afirme que na cama não simula nada de jeito nenhum e que acha tudo isso uma falsa questão. Só que hoje, quando sentir orgasmo virou obrigação, e fazer o outro sentir, uma cobrança, o teatro na cama deve estar mais forte do que nunca.

Ok, nós já sabemos como as mulheres conseguem fingir um orgasmo, mas e os homens? De acordo com a pesquisa, o fato é mais comum quando há o uso de preservativos, que ajudam a esconder a evidência (ou falta da evidência).

Homens e celulares

Recomeçar

"Não basta virar a página, é preciso recomeçar um novo livro, às vezes mantemos os personagens... Em outras apagamos tudo o que se foi..."

 

As ½ verdades


Primeiro é importante esclarecer o que é uma meia verdade, pela lógica, diria que uma é uma mentira completa, porém com algum detalhe interessante que geralmente não é contado. Utilizando muitas vezes de fatos ou argumentos reais, porém com uma lógica distorcida, nunca abordando a questão por completo.

Tenho certeza que estão se perguntando por que estou falando sobre isso em pleno domingo, já que hoje aqui no blog é o dia da sagrada tirinha, amém?! Então vamos aos episódios que me levaram a escrever essa postagem... Senta que lá vem história.

“Era uma vez uma menina loira, linda, inteligente, nem um pouco humilde (rsrsrs) que queria conhecer o tal do príncipe encantando, aquela palhaçada de outra metade da laranja que um dia falaram para a pobrezinha que existia e a doida acreditou. Finalmente, apresento-lhes “Eu”. Sim, por incrível que parece um dia na minha vida acreditei na existência desse moço!!!

Então, conheci um rapaz que parecia realmente a personificação da figura citada no parágrafo anterior e sem pensar (ia escrever duas vezes, mas nesse caso não cheguei a pensar nenhuma mesmo!!!) me descambei para outra cidade de mala e cuia para morar com o “possível” grande amor da minha vida. Claro que um negócio desses não ia prestar nunca! Adivinhe o resultado de tudo isso??? 

Não posso negar que houve dias felizes, mas sei lá normalmente só consigo me lembrar dos dias tristes, talvez seja o que mais tenha me marcado ou acabe acontecendo assim com todo mundo... Enfim, voltando ao foco da historinha, o relacionamento chegou ao fim. Agora o ponto em que queria chegar, o motivo do término segundo a outra parte envolvida que nesse caso como devem deduzir não era a ilustre blogueira que vos escreve, já que a meu ver estava tudo bem entre a gente, engraçado pensando em namoros anteriores sempre pensava que estava uma belezinha até o outro começar a dizer o quanto estava errado e infeliz, puxa acho que sou cega mesma! 

Foi quando ouvi a primeira meia verdade masculina (aponto como marco inicial porque até aquele momento tinha sido a única que reconheci) para justificar a nossa separação, o que ele disse:

- Não é com você sou eu, está acontecendo um monte de coisas comigo e não sei lidar com isso. Acho que quero ficar sozinho para saber o que quero da minha vida... Quero um filho e estou começando a me sentir velho para esperar mais.

O que realmente quis dizer:

- O problema é que te trai, ela engravidou e agora quero estar com meu filho.

Analisando a situação ele contou implicitamente o que estava acontecendo, falou uma meia verdade para esconder os fatos. Os homens são campeões em mascarar tudo, dizem que é para amenizar o sofrimento causado, acabam utilizando esse recurso quando não querem dizer o que realmente está acontecendo. Particularmente não concordo, mentira é mentira, afinal nada a justifica, sinceridade e respeito são os princípios primordiais para qualquer relação.   Considerando outra frase ouvida:

PS: a próxima pérola abaixo foi dita outro “sapo”...

- Não posso continuar te enganando, tenho pensado muito no meu relacionamento anterior e não sei mais o que sinto por você, estou confuso...

A real dos acontecimentos:

- Vou voltar com a minha ex, inclusive tenho tido contato com ela nas últimas semanas e quero reatar a relação.

Típico! Os homens possuem um arsenal de blá,blá,blá para ser contado em vários momentos, de certo modo, acabamos convivendo com eles em muitas situações e acho sinceramente que ocupo a primeira colocação em ouvi-las...

Retomando para a nossa protagonista, a mocinha da nossa história continua a procura de alguém que faça tudo valer à pena, principalmente as promessas que são ditas...”

Talvez...

"Talvez eu seja apenas mais um talvez, tentando ser certeza. Tentando ser para sempre, e parando sempre pela metade."

Caio Fernando Abreu

Cobranças afetivas



“Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...
E ter paciência para que a vida faça o resto...”


Andei aprendendo umas lições novas nos últimos tempos, coisas que aparentemente são óbvias, mas que só passei a entender agora... Cada um tem a sua janelinha para ver o mundo... Cada qual tem o seu próprio tempo, a sua maneira de encarar os fatos.
Não existe nada mais chato do que receber uma cobrança. Concorda? Escrevo hoje para falar das piores cobranças que podem existir que todos vivem fazendo, inclusive a ilustre blogueira aqui, aquelas exigências de amor, de atenção, de afeto...

Não se pode cobrar amor de ninguém, pois o amor não se cobra; amor se sente! Cada qual tem a sua forma de amar; mesmo que pareça estranha, inadequada ou indiferente. Somos únicos! E é isto que nos torna especiais!

Só que muitas vezes nos esquecemos que o outro também tem a sua versão para os fatos... A sua visão do que é ser feliz nem sempre é idêntica a nossa. E passamos a exigir do outro aquilo que julgamos estar certo... Esquecemos que o amor está fundamentado no direito do outro em ser livre, em pensar diferente. Deixamos de respeitar a individualidade, que antes era o nosso maior interesse e que foi o ponto de partida.

Sempre acabo me perguntando se sou eu que quero demais ou as pessoas acabam fazendo de menos, ou se acabo cobrando aquilo que ainda não consigo ofertar ao outro. Sei lá, acho que normalmente lido com a situação como uma troca ou barganha, encarando o sentimento como uma mercadoria de câmbio. Vamos ver agora por um lado positivo minha confissão agora, estou ciente que não sou nada normal e definitivamente posso mudar isso!!! 

Se os sentimentos que podemos oferecer aos outros, são aqueles que já amadureceram dentro de nós através de relacionamentos honestos e equilibrados... O que fazemos quando nunca vivemos momentos assim?????  Sentar no chão e chorar???

O que é um churrasco????


Definição
(escrito por uma mulher)
O churrasco é a única coisa que um homem sabe cozinhar,
e quando um homem se propõe a realizá-lo, ocorre a seguinte cadeia de acontecimentos: 

01 - A mulher vai ao supermercado comprar o que é necessário.

02 - A mulher prepara a salada, arroz, farofa, vinagrete e a sobremesa.

03 - A mulher tempera a carne e a coloca numa bandeja com os talheres necessários,
enquanto o homem está sentado próximo à churrasqueira, bebendo umas cervejas.

04 - O homem coloca a carne no fogo..

05 - A mulher vai para dentro de casa para preparar a mesa e verificar o cozimento dos legumes.

06 - A mulher diz ao marido que a carne está queimando.

07 - O homem tira a carne do fogo.

08 - A mulher arranja os pratos e os põe na mesa.

09 - Após a refeição, a mulher traz a sobremesa e lava a louça.

10 - O homem pergunta à mulher se ela apreciou não ter que cozinhar e,
diante do ar aborrecido da mulher, conclui que elas nunca estão satisfeitas.

DIREITO DE RESPOSTA
(Escrito por um homem)
01 - Nenhum churrasqueiro, em sã consciência,
iria pedir à mulher para fazer as compras para um churrasco,
pois ela iria trazer cerveja Kaiser,
um monte de bifes, asas  de frango e uma peça de picanha de 4,8 Kg que o açougueiro
disse ser 'Ótima', pois não conseguiu empurrar para nenhum homem.

02 - Salada, arroz, farofa, vinagrete e a sobremesa, ela prepara só para as mulheres comerem. Homem só come carne e toma cerveja.

03 - Bandeja com talheres? Só se for para elas. Homem que é homem come churrasco
como tira-gosto e belisca com a mão, oras!

04 - Colocar a carne no fogo??? Tá louca??? A carne tem que ir para a grelha
ou para um espeto que, a propósito, tem que ser virado a toda hora.

05 - Legumes??? Como eu já disse, só as mulheres comem isso num churrasco.

06 - Carne queimando???  O homem só deixa a carne queimar quando a mulherada reclama: 'Não gosto de carne sangrando'; 'Isto está muito cru'; 'tá viva??'. Após a décima vez que você oferece o mesmo pedaço que estava ao ponto uma hora antes, elas acabam comendo a carne tão macia quanto o espeto e tão suculenta quanto um pedaço de carvão..

07 - Pratos? Só se for para elas mesmas!

08 - Sobremesa? Só se for mais uma Skol.

09 - Lavar louça? Só usei meus dedos!!! (e limpei na bermuda).


Realmente, as mulheres nunca vão entender o que é um churrasco!!! 

Enviado por Marcelo Sales, meu grande amigo... Obrigada!

Falando sobre...

 
© Template Scrap Suave|desenho Templates e Acessórios| papeis Bel Vidotti