Pesquisar este blog

Carregando...

Como não responder a um "te amo"...

















Egoísmo


O ser humano possui a grande mania de se esconder por detrás de vestes que não lhe pertencem, e teimam em convencer o universo - e a si mesmos - de que todo o espetáculo que representam não passa da mais pura, brilhante e sincera verdade.

Bom, tal teatro, em alguns casos, é justificado pela mais esfarrapada desculpa de "só desejo a felicidade, nada mais". A felicidade, então, só é possível quando acompanhada do péssimo hábito de se tornar egoísta, limitando o mundo de enxergar a realidade à qual cada um pertence?

Na verdade, todos temos um desejo insaciável de fazermos justiça, custe o que custar e, além disso, ainda há a vontade incontrolável de mostrar a cada um que tal desejo é o mais correto, e o único que deve ser seguido. Entretanto, quando realmente nos diz respeito demonstrar justiça e semeá-la mundo afora, surge a falha humana, a covardia e o medo. E, mais uma vez, o egoísmo.

Pensar, somente, em ser melhor, em fazer o melhor, infelizmente, não é suficiente. Às vezes, levantamos com uma vontade de mudar o mundo e, nos assustamos tanto com a idéia, que a afogamos em meio ao turbilhão de emoções vividas a cada dia. E, mais uma vez, continuamos na mesmice do dia-a-dia, somente com o pensamento de mudança, sem nada em prática, por medo do novo, dos pensamentos que surgirão a respeito da sua mudança e, novamente, pelo egoísmo.

 
A juventude acaba quando termina o egoísmo, a velhice começa com a vida para os outros." (H.H.) Ainda não sou uma idosa, nem passei por tantas experiências assim para impor uma regra de como não ser egoísta, nem do que fazer para que tal sentimento seja extinto da vivência humana. Mas, nos meus míseros, mas bem vividos, 19 anos, acredito que cada ser humano deve se preocupar, sim, em ser feliz. Fazer o que achar correto, sem temer estereótipos, quiçá argumentos alheios. Entretanto, o "ser feliz" não pode ser afastado do "fazer o outro feliz". É conseqüência! Vivemos em sociedade, não há como agir de maneira a não atingir o outro. Que tal atingí-lo com felicidade? Que tal atingí-lo com amor, carinho, atenção?

Texto escrito por Lud

Estudante

Essa tirinha é especial, dedicada ao Rafa que está em época de provas na faculdade e está bem parecido com essa cara aí, agora só não entendo o porque, já que ele é brilhante nos estudos... Desejo boa sorte e que fique de férias logo!


Divórcio

Por que gostamos tanto de beijar?


Quem não gosta de Beijar? Todos gostamos! Mas por que gostamos tanto de beijar na Boca? Confira:

Porque é bom. Embora seja de ampla aceitação, essa resposta não satisfaz a curiosidade científica. Como beijar, com intenção amorosa, não é uma prática comum para todas as culturas, a explicação para esse hábito não deve estar em nossos genes.

Uma hipótese é que a nossa primeira experiência de conforto, segurança e amor vem das sensações bucais associadas ao aleitamento materno. Somado a isso, nossos ancestrais provavelmente alimentavam seus bebês boca a boca, com alimentos pré-mastigados – o que reforça a conexão entre compartilhamento de saliva e prazer.

O que explicaria porque o beijo é mais usado por algumas culturas estaria na coloração dos lábios. Nossos ancestrais se sentiam mais atraídos pelas frutas vermelhas, e “furtaram” esse elemento com propósitos sexuais, desenvolvendo uma pronunciada coloração vermelha nas genitálias e nos lábios. “Em vez de reinventar a roda, nossos ancestrais usaram a mesma paleta”, afirma V.S. Ramachandran, da Universidade da Califórnia à revista NewScientist. Como os lábios vermelhos se destacam mais em pessoas caucasianas, ele sugere que o hábito de beijar teve início em latitudes mais ao norte.

Quando o assunto é a fisiologia do beijo, pisamos em terreno mais firme. Nossos lábios estão entre as partes mais sensíveis do corpo. São cheios de neurônios ligados aos centros de prazer no cérebro. Há até pesquisadores que cogitam uma ligação entre os beijos e a maneira como investigamos a compatibilidade biológica com um potencial parceiro. Estudos mostram que nos sentimos mais atraídos pelo cheiro do suor de pessoas com o sistema imunológico o mais distante possível do nosso, pois é com elas que iremos produzir bebês saudáveis. E o beijo nos dá uma oportunidade de cheirar isso mais de perto.

Fonte: Revista Galileu

Medo de mulher


As mulheres esperam que o homem tenha atitude e chegue nela. Não sei quem inventou essa regra, mas ela existe e é real. A não ser que você seja um tremendo dum boa pinta que as mulheres vão falar com você, você terá sim, que tomar iniciativa. Você pode ir para melhor festa da cidade, mas de nada valerá se não fizer a abordagem. A maioria dos caras chega ao lugar, pega uma bebida e fica num canto qualquer olhando as mulheres dançarem e alguns caras se dando bem.

Um ponto crucial para se dar bem, é vencer seu medo inicial de chegar às mulheres. A esse medo damos o nome de ansiedade de aproximação, que nada mais é, do que aquele friozinho na barriga. Bem na hora que você quer conhecer aquela gata que parece ter caído do céu, você fica lá, paralisado. E nas raras vezes em que você consegue vencer esse medo, e você chega para conversar, a sua ansiedade estraga todo o seu charme.

Mas por que diabos têm caras que não sentem isso e chegam em qualquer mulher, seja no trabalho, na rua, na balada ou no shopping? Calma aí, não é bem assim. Quem disse que esses caras não sentem essa ansiedade de aproximação? Na verdade todos nós sentimos, é algo natural. No entanto, podemos controlar esse medo e abordar qualquer mulher, sem que essa ansiedade e medo nos prejudiquem. Mas como lidar com isso?

Existem algumas ferramentas muito úteis para superar esse problema. A primeira: aborde a mulher tão rápido quando você a vir. Não fique olhando pra ela com cara de tarado ou esperando ela ficar sozinha. E para os que gostam de sonhar, também não perca tempo achando que é obrigação dela iniciar conversa com você. Até acontece, mas é consenso em nossa cultura que o homem que tem que tomar a iniciativa. E não adianta reclamar.

Outro ponto, que poderia virar versículo bíblico (da bíblia da sedução, obviamente): chegarás a mil mulheres, antes de superar seu medo! Sim, a prática leva à perfeição. Se você raramente chega em mulher ou vai a festas, precisará de um bocado de treino antes de se tornar um Dom Juan. Não quero desanimá-lo, mas isso levará um pouco de tempo. E quem prometeu que seria fácil?!

E não poderia esquecer. Nada de consumir bebidas alcoólicas pra ficar desinibido. Bebendo você até fica extrovertido, mas a que preço?! Paga o preço de não conseguir ter uma conversa decente com mulher quando chegar nela. Portanto, supere isso de cara limpa!
Apenas um último lembrete, que pode ajudar. Ao abordar uma mulher tenha em mente: “Vamos ver se aquela mulher tem bom gosto pra ficar comigo…”.

Por Eduardo Santorini

Durante a discussão

Desistir nunca


Xixi fora do vaso

Respostas para perguntas inconvenientes da mulherada


Cheguei à conclusão de que nós, mulheres, adoramos arrumar uma briga com nossos namorados, companheiros, rolos e afins. Sentimos prazer em começar algum assunto bem torturante para poder discutir por todo o fim de semana, pior ainda se for prolongado... Aí, aí, aí... Definitivamente pessoal, as brigas são infinitas! Elas sempre começam por causa de algum assunto anterior que será somado ao do momento e possivelmente ainda a um futuro, isso é muito complicado, conseguiram me acompanhar?

O melhor mesmo é evitar, apagar a chama que dá inicio ao estopim.  Por essa razão estou aqui, preciso ajudar os pobres mocinhos confusos que não sabem o que responder quando fazemos uma pergunta retórica. Se não sabiam que basicamente todas as perguntas da mulherada são assim, entrem em pânico, porque seus problemas são imensos! 

Pode até parecer bobagem, mas a principal dica com a mulherada é ser divertido, faça-as rirem com suas respostas, só tome cuidado para não falar besteira. E vá por mim se ela não rir, já pensou em trocar por alguém com mais senso de humor??? Rsrs

Analisando o 1º caso:


Vejam só, nós perguntamos isso justamente para ter alguma esperança que o espelho esteja errado e que nós, na verdade, parecemos a Angelina Jolie! Se você disser que ela não está gorda, ela vai achar que você está mentindo para agradá-la, pode até achar isso bonitinho, mas nunca mais irá confiar no seu gosto! Faça-a rir, assim acaba esquecendo essas neuras femininas...


A arte de consertar uma resposta que achava que seria boa é para poucos! Sempre que ela te pegar desprevenido, tenha um ás na manga e deixe-a sem reação. Se não souber o que falar, o coringa é roubar um beijo daqueles. No Entanto, caso seja criativo e bem humorado, com certeza o beijo nem vai precisar ser roubado...

Outra situação:

Essa é a pergunta preferida! Mas que raios essas moças querem saber? Simples! Elas querem a confirmação que nunca no mundo você teve alguém tão especial, linda, inteligente, gostosa, boa de cama, bacana, carinhosa e blá, blá, blá como ela. Fácil? E mesmo sabendo que isso pode ser uma grande mentira, lembrem-se mentiras sinceras interessam às mulheres.

Quer melhor ainda? Você nunca teve uma ex! Nunca namorou alguém porque estava esperando por ela! Na dica da tira, você faz o papel de ridículo assumindo o romance com uma boneca, mas em compensação, ela sairá feliz, achará graça e você pode se dar bem ainda hoje...

Vão pra balada? É melhor se preparar...

Meus queridos fofos, a encrenca vai ser sobre aquela moça parada em algum canto do recinto. Não adianta! Isso é um teste dos mais engenhosos. Você, quase sempre, nem estava olhando garota alguma. Mas ela escolheu uma para lhe testar.

Vamos lá, se a moça for feia, certamente é poderá fazer uma cara de nojo e dizer "Credo amor, que medonha" (aí você a agarra e tá tudo certo, ela queria isso... kkkk). Porém, se a moça que ela mostrou for bonita, CUIDADO AMIGOS, não reajam da mesma forma. Isso porque ela sabe que a moça é bonita e se você não achar também, vai passar por mentiroso. Simples, você não viu! Não viu a moça bonita! Fácil? Nem tanto, ela vai insistir... E aí sim, é o momento de apelar para o conservadorismo: "Ah sim, aff, vulgar...". Pronto, prêmio Joinha para você! Mulheres adoram chamar a outra gostosona de vulgar, e saber, que ela sim é pra casar, não aquela bunduda sem vergonha que ela NEM CONHECE.

Está a míngua e vai partir pra luta? 


Seja esperto, não use frases prontas. Elogie algo que realmente seja bonito nela, não adianta elogiar o cabelo se todo está vendo que é pixaim... Não cola! Encontre alguma coisa legal, e se não encontrar, cai fora amigo, porque melhor sozinho do que tachado como desesperado, se é que me entende... hahahaha

Dê uma olhada no que a moçoila está bebendo, cerveja? Água? Vodka? Ofereça uma bebida e convide-a para irem até o bar, tome uma atitude! E por fim, NUNCA, NUNCA mais NUNCA mesmo peça o telefone dela se não tem intenção nenhuma de ligar. É mais bonito dar um beijo de xau, até um dia do que alimentar falsas esperanças na pobrezinha. Adorei galera, foi muito divertido!

Se tiver perguntas sobre o assunto ou quiser sugerir um tema, mande um email para  v.nuecrua@bol.com.br
 
© Template Scrap Suave|desenho Templates e Acessórios| papeis Bel Vidotti