Pesquisar este blog

Carregando...

Falar a verdade... nada mais do que a verdade????

 
Tudo na Santa Verdade?

Por mais que se busque sempre a verdade, nada mais que a verdade, a mentira é que mantém a harmonia entre as pessoas. E o o jornalista alemão Jürgen Schmieder, 31 anos, comprovou na pele, ao passar 40 dias falando apenas a verdade. Depois de dormir 7 noites no sofá, e perder quase todos os seus amigos, escreveu o livro "Sincero" Record.
Agora, amigo leitor, em que situação você mente? Ou melhor, em que situação vale a pena mentir?

Além do mais, todo mundo prefere ouvir uma deslavada mentira à uma estonteante verdade. Mas, qual é a verdade? Existe verdade ou apenas mentiras repetidas?

Um estudo realizado em 1997 na Universidade da Carolina do Sul nos EUA, afirma que, as pessoas mentem em média 200 vezes ao dia, porém, o jornalista Jürgen afirma ser possível diminuir esses números, já que ser 100% sincero poderia levá-lo a condição de ermitão.
Há! Esses números são estratosféricos em Brasília, levantamos os números, mas eles não falam a verdade.

Quase igual...


Caminhos

"Uma coisa é você achar que está no caminho certo. Outra é achar que seu caminho é o único..."

Encontro entre casais

Analisando o cérebro masculino

As noções mais populares sobre o cérebro masculino vêm de pesquisas que analisam homens com idades entre 18 e 22 anos – então não é de se surpreender que os estudos digam que eles pensam mais sobre carros, cerveja e sexo. Mas o fato é que o cérebro do homem varia muito de acordo com sua idade. Quer saber mais? Confira 10 coisas que uma mulher deve saber sobre o cérebro de um homem:


1. Meninos são mais emotivos:

Enquanto mulheres são consideradas mais sensíveis do que homens, meninos pequenos são considerados mais emotivos do que as meninas. De acordo com pesquisas não é que homens sejam menos sensíveis quando ficam adultos. Eles apenas aprendem a controlar melhor suas emoções. Segundo estudos, homens demonstram suas emoções até perceberem que os outros estão conscientes de suas reações. Após esse momento eles adotam uma expressão neutra e fingem que não estão nem aí. Isso por que, desde cedo, ensinamos aos meninos que “não é coisa de macho” se emocionar.


2. Homens são mais vulneráveis à solidão:

Homens não são tão extrovertidos quanto mulheres, o que agrava a sensação de solidão. De acordo com especialistas, viver com uma mulher pode ajudar bastante. Segundo estudos, homens que tem um relacionamento estável vivem mais, são mais saudáveis e menos ansiosos.


3. Eles se preocupam com as soluções e não com os problemas:

O mito é que as mulheres sentem mais compaixão do que os homens e se importam mais com problemas. A verdade é que, em vez de ficar se preocupando com o problema, o homem se concentra imediatamente na solução – o que dá a impressão que ele se importa menos. Então quando você e seu namorado estiverem perdidos na estrada e ele não quiser parar para pedir informações, saiba que é porque todo o cérebro dele está se esforçando para achar uma solução por conta própria.


4. Homens são “fabricados” para analisar as mulheres ao seu redor:

Talvez o cientista que descobriu esse fato tenha sido pego pela namorada enquanto olhava uma morena sambando no carnaval. O fato é que, segundo especialistas, por terem seis vezes mais testosterona no sangue do que as mulheres o controle dos impulsos naturais pelo cérebro masculino se torna mais difícil. Então a olhada que seu marido dá para a loira oxigenada que passou por perto não é de propósito – ele estaria no “piloto automático”.


5. Ciúmes:

Os homens, por questões evolutivas, têm uma necessidade de proteger suas parceiras. Enquanto mulheres sentem o ciúme possessivo o homem, mais freqüentemente, parte para a violência com o adversário. Isso por que a área do cérebro que estimula essas reações em qualquer mamífero que seja macho é maior do que nas fêmeas.


6. Necessidade de um chefe:

Ou eles são os chefes ou precisam ter um. Estudos mostram que homens que estão em uma hierarquia instável e mal-estabelecida são mais ansiosos e agressivos. Aqueles que participam de organizações nas quais a hierarquia é bem definida, como no exército, têm níveis menores de testosterona e são menos agressivos entre si.


7. O cérebro masculino maduro:

Durante a evolução, machos mais novos se preocuparam em competir por status e por parceiras, enquanto homens mais velhos davam mais importância à comunidade e à cooperação. E isso acontece até hoje. Estudos psicológicos mostram que homens mais velhos são mais dependentes e se preocupam mais com questões sociais, além de trabalharem melhor em equipe.


8. Pai de primeira viagem:

Nos meses que antecedem o nascimento de um filho, o cérebro masculino se torna mais propício para raciocínios cooperativos. Até mesmo os hormônios mudam (a testosterona cai e a prolactina sobe) encorajando o comportamento paterno. Supõe-se que os responsáveis por isso sejam os feromônios de uma mulher grávida, que causariam essas mudanças em seu parceiro.


9. Brincadeiras paternas:

Os pais brincam com os filhos de forma diferente do que as mães. Os pais são mais espontâneos e cientistas acham que esse jeito especial faz com que os filhos tenham facilidade de aprendizado, sejam mais confiantes e mais preparados para o mundo, quando chegam à idade adulta.


10. Homens também querem casar:

A idéia dos solteirões inveterados pode ser um dos maiores mitos sobre a masculinidade. De acordo com estudos, os homens também querem achar a mulher ideal, casar, constituir família e serem felizes para sempre. Alguns homens, claro, têm problemas com o comprometimento, mas 60% da população masculina não teria esse problema (supostamente genético) e deseja se casar. E os que já casaram dizem estar felizes com a escolha e com a vida familiar.


Diz que me disse

Hoje



"Falar é completamente fácil, quando se tem palavras em mente que expressem sua opinião. Difícil é expressar por gestos e atitudes o que realmente queremos dizer, o quanto queremos dizer, antes que a pessoa se vá."

Carlos Drummond de Andrade

Como (não) encontrar um namorado perfeito!


No dia dos namorados nada melhor do que aprender como arrumar um né? O blog Contratempos Modernos te ensina (na visão masculina dele) o que você deve fazer para não arrumar um namorado neste mês e não gastar grana comprando presente. \o/



Mulher boazinha, prazer


Deixe-me apresentá-los a mulher boazinha: é aquela que se entrega por completo a um homem que mal conhece, sem que ele tenha que fazer grande esforço. É a mulher que se dá cegamente porque anseia receber de volta a mesma atenção. É aquela que age com o que ela acha que o homem gosta ou deseja porque precisa manter o relacionamento de qualquer maneira.

É verdade que essas revistazinhas femininas, normalmente, estimulam esse tipo de atitude: “Comece bancando a difícil. Mas no 2º encontro prepare um jantar dos deuses para ele, crie um ambiente romântico com música suave, luz de velas e blá, blá, blá...”. Essa realmente é a fórmula prefeita para quê???? Um desastre! Achou que era o quê???

Aprendi que tudo aquilo que perseguimos foge de nós. Principalmente quando o assunto é a espécie Homo Sapiens macho, imagine você de camisolinha de renda preta correndo atrás dele (é essa a ordem dada pelas Novas por aí), primeiro ele vai transar com você... e depois vai evaporar da face da Terra.

Agora a pergunta: por que um homem foge de uma situação como essa??? Essa é simples! Porque o comportamento feminino em se exceder em atenções com um sujeito que é praticamente um estranho pode levar a duas conclusões: ou ela está desesperada ou vai para a cama com qualquer um. Ou todas as anteriores.

O que acontece quando ele percebe que está disposta a dar tudo de si, desde o primeiro dia?  Não se sentem desafiados quando se vêem diante de alguém que não mede sacrifícios para conquistá-los, diminui o respeito e acaba a atração que inicialmente os aproximou...

A boazinha comete o erro de estar sempre disponível, permite que seu parceiro veja o quanto teme perde-lo, demonstrando claramente que tem total domínio sobre ela. Que mulher nunca largou tudo o que estava fazendo a qualquer hora do dia ou da noite para ir ao encontro de um homem? Já peguei o carro várias vezes depois de ter recebido uma ligação e sai correndo para encontrá-lo, a única coisa que faltou foi uma placa luminosa no teto com a inscrição: ENTREGA EM DOMICILIO. Péssimo!!!!!!

Vamos rachar o motel????


Eu quero saber qual é o problema de rachar a porra do motel? Eu fico puto com isso!
Eu acho muito engraçado como as mulheres brigam por igualdade de salário, e brigam por cargos na sociedade e chega na hora do vamos ver, são elas que dão pra trás.

Será que vocês são loucas?

Porra se você quer tudo igual, porque você não chega em cima e da cantada no cara que você achou bonito e ta afim dele?  Garota, você não é de cristal e o mundo não é um mar de rosas, mas o que acontece é que tem um monte de mulheres que se privam de chegar em cima de um homem pra dar uma cantada nele com medo de ser comparada a uma piranha ou com medo de tomar um não…..

E você acha que homem tem total segurança quando vai dar uma cantada em uma mulher?  oO  Pelo amor de Deus né! Faz um favorzinho de começar perder essa timidez e começar a sair por ai procurando homem e dando cantada em homens SIM! Afinal de contas você não quer ficar pra titia né?

Agora eu te faço uma pergunta:

Quem vai pagar a conta do motel?

Não precisa fazer cara de espanto e nem retrucar com a mesma pergunta “Como assim: quem que vai pagar o motel”. Cara vamos acordar pra vida! Você não vai gozar? Você também não vai sentir prazer? Então porque não rachar o motel?

"A mais eu vou ter que ajudar a pagar pra ele me comer?"

Como se você não gostasse do momento que vocês ficam juntos transando? Nada mas justo a divisão da conta, afinal de contas os dois dependem um do outro pra sentir o prazer, e já que o prazer vai vir somente com a presença do outro, seria muito injusto o homem pagar o motel sozinho, até porque não vai ser só o homem que vai sentir prazer dentro do motel!

Por Cafajeste.net

Mentiras de fim de relação

A devastação


"Não há nada mais devastador para uma relação do que a quebra da confiança. Aquele que mente acaba com todas as chances de algo dar certo..."


Quando a mentira entra no relacionamento, pode acabar de vez com a confiança que existia entre o casal. Uma das mais recorrentes causas de separação é, sem dúvida, a mentira. É uma das maiores causas de problemas. Mas muitas vezes não se olha para a total extensão deste problema.


Por mais que a gente acredite que não vai fazer mal contar uma mentirinha para o parceiro, uma coisa é certa: mentira tem pernas curtas. E pior: como afirma a psicóloga e terapeuta sexual Iara Jukemura, do Núcleo de Psicoterapia Cognitiva de São Paulo, não existe mentira positiva. Todas são negativas e têm poder suficiente para acabar com qualquer relacionamento, já que a base mais sólida das relações humanas é a confiança.

 “A pior coisa que existe é uma pessoa descobrir que foi enganada. Por isso, mesmo que a verdade seja dolorosa, é melhor optar por ela”, diz Iara. Assuma seu erro o mais depressa possível. Diga que mentiu, porque assim sua chance de ser perdoado é maior. É mais fácil perdoar uma fraqueza momentânea do que uma mentira. Também é mais fácil perdoar o mentiroso que assume sua fraqueza, do que perdoá-lo quando sabemos da mentira através de outra pessoa”, explica a psicóloga.

O relacionamento deixa de ser saudável no momento em que a mentira atravessa a relação. A partir daí o mentiroso passa a conviver com dois fantasmas: o da mentira e o do medo de ser descoberto. Talvez por isso, muita gente passe a acreditar na própria mentira. É como se, assim, pudesse se defender. Entretanto, ao ser descoberto, “bater o pé e persistir na mentira só vai piorar a situação, afirma Iara.

Posso dizer que a mentira vai até mais além... quando duvidam da sua inteligência!!!

Óculos

Falando sobre cumbucas

Uma vez já falei sobre a função prateleira, hoje meus dizeres são paras as pessoas que como eu, se acham uma “cumbuca”, ou seja, um recipiente sem tampa,  somos aquelas pessoas que tem o dedinho pobre para escolhas, mesmo estando na frente de um batalhão de príncipes encantados, exceto um, escolhe exatamente o último: o sapo disfarçado. 

Há várias situações. Aquelas em que fomos enrolados, umas que já entramos sabendo, achando apenas que será uma noite e nada mais. Outras em que não nos apaixonamos, mas não conseguimos largar o osso.

Após uma breve introdução sobre uma típica “cumbuca”, enumero alguns tópicos para identificação dos sintomas para ver se você nobre leitor faz parte desse time...

1. Ter a incapacidade de se dar bem em um relacionamento.

Esse é o carro-chefe dos sintomas. É daqui que parte tudo. É não ter explicação coerente para que você não siga adiante com NADA que comece. Por exemplo, você é bonita, inteligente, legal, descolada e beija bem. Não tem bafo, se depila direito, é higiênica. Você pensa: POR QUE estou só? Por que as pessoas EVAPORAM? Por que, meu Deus dos Cumbucas (é, ele é seu Deus a partir da descoberta deste sintoma)?. É, não existe razão óbvia para que isso ocorra com você. Até escrevi sobre possíveis motivos, mas ainda é tudo especulação. Você nasceu nessa leva de CUMBUCAS e não há nada que possa fazer com que você deixe de ser um dos nossos. Aliás, milagres existem. O nosso Deus está aí pra isso! Hahaha!

2. Ter a capacidade de entrar em situações que você SABE QUE NÃO VAI DAR CERTO.

Já vejo leitoras dizendo: “Sou eu, impressionante. Minha cara, esse tópico”. Uns entram nessas vielas sem saída por esperança de que dessa vez seja diferente. Não, no final, não dá certo. E se der, desconfie e investigue, algo pode estar fora dos conformes. Já outros entram porque não tem nada a perder. Se tudo que você faz, por mais coerente que seja, dá em merda (com o perdão da expressão), por que evitar? De uma forma ou de outra, estamos sempre fazendo o que uma pessoa sensata não faria. Exemplos: ficar com caras comprometidos, com caras totalmente diferentes da gente, com pessoas que moram do outro lado do mundo, com o chefe, com o pai da amiga, com o namorado da prima. Enfim, as situações são infinitas e você sabe disso, MAS ENTRA. Detalhe, não quer dizer que ficamos com qualquer ser humano que apareça pela frente. Esses atos são direcionados àqueles que tiram o ar, que nos deixam tontas, que fazem a gente perder a tão falada DIGNIDADE.

3. Falando em dignidade, isso merece um tópico. Até certo ponto da sua vida, você pode nunca ter perdido a compostura (como ocorreu comigo durante um tempo), mas você desce do salto, roda a baiana, dá XILIQUE.

Então, aqui é quando você se desconhece. Você não achava que era capaz de tamanha idiotice. Mas você É. Ou seja, é um sintoma que te pega de surpresa. Você tá ali, na sua vidinha, tudo certo, aquela paz. De repente, as pessoas te desconhecem, te dão conselhos em vão. A única coisa que você tem em mente é algum ser que te faz claramente de besta, e o pior, VOCÊ SABE DISSO, mas continua. Continua até que o Deus dos Cumbucas toque o seu coração e faça você parar de dar murro em ponta de faca. Claro que esse processo pode ser adiantado e você não tenha que esperar esse toque divino. Quanto menos tempo na “ignorância”, melhor. Mas todos têm direito de ter esse momento. É até bom pra nos conhecermos melhor, perdermos um pouco de ORGULHO e saber que não somos TÃO FODAS a ponto de nada nos abalar.

4. Ter a capacidade de se tornar patético.

O tópico inclui atitudes como: ligar ou mandar e-mails depois de beber, mandar mensagens antes de dormir, falar com melhor amigo do fulano, fuçar Orkut, Twitter, Facebook ou qualquer lugar que possa te dar informações que você não tem coragem de perguntar (até porque seria mais ridículo ainda). Esses seriam sintomas de pessoas INSEGURAS sob o olhar de qualquer mortal. Mas não só deles, e sim, de cumbucas que tem COISAS (Cumbucas não chamam seus rolos de relacionamentos, tamanha a indefinição das mesmas). Já disse, quem tem coisa, não tem um RELACIONAMENTO. Não se pode cobrar certas coisas, perguntar, ir a fundo. Daí, usa-se essa técnica para saber onde se pisa.

Os sintomas são esses, e as conseqüências que podem ocorrer perante esse carma, são:

1. Pessoa sozinha no cinema num domingo à noite na última sessão de um filme de comédia romântica.

2. Pessoa que se irrita com histórias de casais felizes.

3. Pessoa que não acredita em casais de Manoel Carlos (felizes para sempre).

4. Pessoa que foca em tudo na vida que não seja relacionamentos: trabalho, estudos, esportes, comer, beber, se drogar.

5. Pessoas que preferem amigos virtuais a relacionamentos pessoais. (Esses são os muito calejados, que não fazem questão de recheios, de coisas, de mais nada).

É basicamente isso. Lembro a todos que apesar disso tudo aí em cima, temos o nosso ORGULHO em sermos cumbucas. Existem vários pontos positivos e sabe-se que continuamos tentando, apesar da IMENSA probabilidade de não ter um começo/meio/fim de nada. Eu, particularmente, adoro começos. É o que faz a gente vibrar. Do meio pro fim, são muitos problemas. Aí você me diz: ah, mas acabar na parte boa também é péssimo. É, claro, mas se você fizer um balanço, é pegar em bomba mais cedo ou mais tarde. (Casais felizes, não leiam essa parte). Existem sim, os que dão super certo, vivem felizes e tranqüilos, mas são exceções. Não venham me dizer que 90% dos casais que vocês conhecem vivem em um mar de rosas.

Logo, todos têm problemas. Não somos a base da escala da infelicidade por isso. A fila anda, que venham coisas e recheios...

Homens mentirosos

Quem nunca mentiu para conquistar uma mulher? Acho difícil um homem que nunca contou nenhuma mentira para uma mulher que ele tanto queria conquistar. Claro que eu já menti pra consegui conquistar uma mulher e para manter um namoro. E com base nessa experiência e em acontecimentos recentes que eu decidi escrever sobre isso.

É impressionante como nós homens somos idiotas ao ponto de achar que uma mentira nunca será descoberta ou que vale de tudo para conseguir conquistar uma determinada mulher. Há homens que falam que ganham muito mais do que ganham, que possuem carros, mansões e tudo que uma mente pode inventar.

Eu não sou hipócrita de falar que nunca menti para conquistar uma mulher, mas eu aprendo com os meus erros e revejo aonde o ponto foi critico e proveitoso para assim eu saber como agir e tocar a vida de forma melhor. Com isso eu posso falar que mentir para uma mulher que você quer manter uma relação estável, é como construir uma casa em uma encosta, aonde, mais cedo ou mais tarde, ela irá cair sobre você! Pode até demorar anos, mas sempre cai.

Hoje eu posso dizer que um homem que mente para uma mulher para conseguir conquista - lá é um inútil que não se garante. Quando eu falo de mentira para conquistar uma mulher, vale também para os filhinhos de papai que alugam carros turbinados e com uma aparelhagem de som que daria pra fazer um verdadeiro baile funk por R$ 250,00 a diária e colocam um cordão de prata que ganharam de aniversário e umas roupas de marca só pra chamar a atenção e mostrar que tem dinheiro.

Muitos homens fazem de tudo para mostrar uma coisa que eles não são e não possuem para conseguir conquistar uma ou alguma mulher.

Com isso temos dois pontos agravantes ai.

Você quer manter uma relação estável com essa mulher? – Se sua resposta for sim... Começou errado! E tudo que começa errado, termina mais errado ainda! Mostre quem você realmente é sem medo do que ela vai achar, se ela realmente for afim de você, ela vai ficar com você independentemente de quanto você ganha ou pelo que você diz ser ou ter, e sim por quem você é de verdade.

Você só quer por uma noite e nada mais? Tem sempre um bordel próximo de qualquer residência na face da terra!

Mas pra que pagar pelo o que tenho de graça?

Tem certeza que é de graça? Reflita um pouquinho nos custos que você tem para conseguir transar com uma mulher e principalmente o tempo perdido.

Não interessa aonde irá ser e com quem irá ser, mentir não é algo muito bom para um relacionamento a dois e isso irá acabar destruindo a relação aos poucos. NÃO MINTA, seja você!! Principalmente se for o primeiro encontro… ai que cê não pode mentir mesmo.
Por Cafajeste.net
 
© Template Scrap Suave|desenho Templates e Acessórios| papeis Bel Vidotti