Como estou hoje


Absolutamente abandonei o blog nesses últimos dias, tenho uma justificativa bem plausível para esse completo descaso, alguns dias atrás comentei sobre a minha internet não estar lá essas coisas, pois bem, semanas passadas ainda continuo com o mesmo problema... A manutenção aparece, troca todas as peças, fios e parafusos e quando vão embora vejo que tudo está do mesmo jeito ou pioraram ainda mais a situação! Haja paciência!  Além desse transtorno, tenho passado por uma crise de preguicite aguda, caso grave que vem me impedindo de postar para vocês e também passei muitas horas fora de casa, literalmente batendo perna por aí.
 Hoje passei a tarde vendo uma dessas comédias românticas que como diria um amigo, tipo “água de salsicha”... Minhas adoráveis ex-namoradas é um filme bem “bonitinho”, daqueles não recomendados para quem está bem desprovido de atenção, então imaginem no que deu... Choradeira! É pessoal por incrível que pareça tenho sentimentos. 
O filme conta a história de um fotógrafo de celebridades Connor Mead (lindo de morrer!) que adora liberdade, diversão e mulheres, nesta ordem. Um solteirão convicto! Às vésperas do casamento de seu irmão mais novo, quando está prestes a arruinar a união, Connor recebe a visita dos “fantasmas” de suas ex-namoradas que o levam a uma hilariante e reveladora odisséia, visitando seus desastrosos relacionamentos do passado, presente e futuro! Juntas tentarão descobrir o que transformou Connor num idiota insensível e se ainda há esperança dele encontrar o verdadeiro amor ou se é uma causa perdida… Isso somente concretizou toda a lacuna que estava em mim essa última semana.
Quando ela chega, não dá para fingir sua presença. Vem com vontade e pede toda sua atenção. Não tem hora marcada, não tem dia apropriado, não faz distinção. Ela te encontra, independentemente se você é homem ou mulher, magro(a) ou gordo(a), bonito(a) ou feio(a). Simplesmente aparece, sem ao menos ser convidada. E o pior: costuma exigir tratamento VIP, com direito a presentes, bebidas e chocolates, muitas vezes. O nome da visita? Carência. Um sentimento que, não necessariamente, condiz com a realidade, mas que traz uma sensação muito verdadeira de vazio para quem resolve abrir a "porta da casa".
Carência é igual a uma epidemia. Todas as mulheres têm latente em si coisas parecidas que podem variar, mas basicamente é: “Eu quero alguém!”, “ninguém quer nada sério”, “quero que ele volte”, “ele não me entende”, etc.. A carência está solta e fora de controle e passando de uma para outra. Qual mulher que não passou por isso? Tudo vai bem, existe alegria no coração, o relacionamento está ótimo, o trabalho era o que queria e, de uma hora para outra e sem explicação lógica, a mulher cai numa tristeza, carência e aborrecimento enormes? As mulheres são muito loucas mesmo, tiro isso por mim... Admito que esteja carente de carinho, envolvimento, comprometimento, reconhecimento e de amor!

Trailer do filme para darem uma olhadinha...

3 comentários:

Marcello disse...

Oi Dani.
Realmente a carência quando nos encontra parece uma praga, nada do que fazemos é bom o suficiente e aqueles dias de autosuficiência vão para o espaço.

Mas eu sempre lembro de uma frase muito objetiva de um professor na área de psicologia quando perguntam á ele sobre carência afetiva e ele diz:

- Carência afetiva é um dos sintomas de que nossa vida não está devidamente equilibrada, de que precisamos de alguém pra dizer que somos felizes, que somos capazes.

Ele, no entanto, não nega o romance e nem muito menos o envolvimento coisa que o personagem desse filme foge como o Diabo da cruz, mas ele diz que temos que pautar nossas escolhas com cautela e sabedoria, e eu incluo meu humilde comentário a isso :
- Aí que começa a complicar, desde quando somos cautelosos e sábios no amor ?????

Para pensar né ???

Boa semana moça.

Renata Soares disse...

posso entrar no club? nossas ultimas teorias frente a desconhecidos garçons já provaram o bastante né? sou capacitada pra fazer parte desse grupinho dos carentes kkkkkkkkkkk
bjas

Cris: Diário ON Line disse...

Daniiii.... eu tive que fazer outro Diário por problemas técnicos, seria muitoooo se vc pudesse seguiiiiiiir ele também , pq o outro com o passar vou excluir...

Novo: http://crisdiarionline.blogspot.com

BeijOoooooooos

Postar um comentário

 
© Template Scrap Suave|desenho Templates e Acessórios| papeis Bel Vidotti